Toninho, descanse em paz

Segunda, 22 De Outubro De 2018

Talvez muitos se surpreendam com este artigo no site do Castelo. Mas é necessário que seja feita a devida homenagem ao Antônio Alexandre de Moraes, carinhosamente chamado de Toninho. Ele faleceu ontem, dia 21 de outubro de 2018 em Ubatuba, em uma viagem com a família. Aos 59 anos, sofreu um enfarte, deixando uma bela família de 11 filhos que constituiu com Maria Cristina Iorio de Moraes.

O Toninho foi um dos primeiros supernumerários de Campinas e entre tantas coisas, ajudou muito o então diretor do Centro do Castelo, Luis Antônio nos cinco anos de construção do Centro. Foram anos de trabalho intenso, com pouco dinheiro, crises financeiras e inflação dos anos 80 e 90 e um projeto de grande porte. Em 1993 entregaram o Centro, que hoje já é pequeno para o volume de pessoas de todas as idades que passam por aqui.


A construção do Centro do Castelo o preparou para outros grandes empreendimentos que depois veio a desenvolver na sua vida: a construção da sua casa, da sede da sua empresa e depois o centro feminino em Campinas. Como sempre, nunca reclamou, sempre manifestou boa disposição e visão sobrenatural.

As suas tertúlias de terças com os universitários eram muito concorridas. Verdade é que sabia agradar o povo: quando falou de sua viagem por Portugal, trouxe um excelente vinho do Porto para que os “meninos” soubessem degustar deste verdadeiro “néctar dos deuses”. Falou da sua viagem de negócios na China e das suas grandiosidades. Comentou da viagem pelos Estados Unidos, em especial da Rota 66 que pertence ao imaginário de todo viajante.

O seu exemplo arrastou muitos jovens a também serem generosos com as suas vidas, na compreensão da missão matrimonial e serem abertos aos filhos que Deus possivelmente enviar. Deu muitas palestras e aulas sobre este tema tanto em sua casa como na sala de estar e no auditório do Centro Cultural.

Todos sentirão a sua falta. Mas sabemos que temos um valioso intercessor junto a Jesus e a Nossa Senhora. No dia de sua morte, o seu filho Marcos José comentou que ele foi à Missa, como o fazia todos os dias, e viu uma imagem de Nossa Senhora que achava muito bonita. Com certeza Jesus e sua Mãe Maria Santíssima o receberam em sua Casa Eterna.


Para quem desejar presta a sua homenagem, seguem abaixo as informações da Missa e do enterro.

Velório: início às 18h no dia 23 de outubro (terça) na capela do Cemitério do Flamboyant

Missa de corpo presente: 24 de outubro (quarta-feira) às 14h na capela do Cemitério do Flamboyant

Enterro: Dia 24 de outubro no Cemitério das Aléias às 16h30